Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande

Outeirinhos

Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande

Outeirinhos

U.C.C

Unidade Cuidados Continuados

Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande

Vergieiras

Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande

Vergieiras

A Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande assenta numa política baseada na visão, missão e valores da organização. A política da organização visa uma ação de qualidade, transparente, responsável, eficaz e eficiente, em todas as áreas de intervenção, integrando os stakeholders a comunidade geral, tendo por base a solidariedade.

 

Política de Qualidade

A SCMMG aposta na prestação de serviços de qualidade aos utentes, desenvolvendo a sua atividade de acordo com os requisitos legais aplicáveis. Com o propósito de alcançar os seus fins a política de qualidade baseia-se nos seguintes aspetos:

►  Assegurar o cumprimento dos requisitos do referencial EQUASS, bem como da legislação aplicável;

  Garantir a prestação de serviços individualizados e personalizados;

  Promover a satisfação de todos os stakeholders;

  Profissionalismo e simpatia;

  Compromisso com a missão da organização;

  Garantir uma prestação de serviços qualificada através da gestão de boas práticas e apostando na melhoria contínua;

  Monitorizar e medir todas as atividades através de indicadores que permitam a avaliação qualitativa e quantitativa. 

 

Política de Recursos Humanos

A gestão de recursos humanos visa satisfazer as necessidades da SCMMG selecionando, potenciando e capacitando os melhores talentos. Pretende-se, de forma ativa, colmatar as necessidades dos colaboradores, aumentar as suas competências e criar condições para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, procurando estimular a sua criatividade e iniciativa pessoal, na realização dos objetivos da organização. A política de recursos humanos é:

  Selecionar criteriosamente os funcionários a contratar;

  Desenvolver um sistema de avaliação de desempenho;

  Garantir a existência de um plano de formação que permita a aquisição de novas competências e reciclagem;

  Desenvolver estratégias que permitam o envolvimento dos colaboradores na melhoria contínua da organização;

  Promover e assegurar um bom acolhimento e integração dos novos colaboradores;

  Definir os requisitos, funções e responsabilidades para cada uma das categorias profissionais dos colaboradores;

  Desenvolver um processo claro e transparente no recrutamento de colaboradores, dando cumprimento ao princípio da Igualdade de Género e de Oportunidades de acesso ao emprego;

Garantir a segurança, saúde e bem-estar de todos os colaboradores através dos serviços de saúde, higiene e segurança no trabalho.

 

Política de Parcerias

A Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande tem vindo a desenvolver parcerias com o intuito de responder às necessidades dos seus utentes, aumentando assim, a capacidade de resposta da organização. A Santa Casa continua a apostar na celebração de protocolos que sejam mutuamente benéficos para as entidades parceiras, para a organização e seus utentes. Para a SCMMG a política de parcerias é:

  Assegurar o cumprimento do referencial EQUASS;

  Proceder à avaliação das ações de parceria;

  Participar no desenvolvimento social e económico da comunidade local;

  Promover parcerias com instituições de ensino superior;

  Promover à avaliação da satisfação das entidades parceiras.

 

Política do Ambiente

A política do ambiente da organização é entendida como um conjunto de medidas que evidenciam o empenho em exercer todas as atividades num respeito absoluto pelo ambiente. Para tal, trabalhamos com parceiros que nos permitem atingir as seguintes medidas:

  Otimizar a gestão dos resíduos gerados nas atividades internas, através do desenvolvimento de ações de tratamento de resíduos e de reciclagem;

  Disseminar a política do ambiente e as práticas pelos colaboradores, clientes e parceiros;

  Utilizar racional e eficazmente os recursos naturais e de energia;

  Monitorizar e avaliar continuamente os recursos recorrentes da atividade regular da organização;

  Racionalizar a utilização de energia elétrica, gás e água;

  Promover a utilização de energias renováveis.

 

Política de Empowerment

O empowerment baseia-se num processo de envolvimento dos utentes e famílias na definição de objetivos, promovendo a autonomia. De modo, a cumprir esta política a organização privilegia os seguintes princípios:

  Promover a participação ativa do utente e família no plano individual;

  Garantir o contacto e articulação com a comunidade local e família;

  Promover acesso ao exercício da cidadania;

  Promover a participação do utente e família na definição das atividades a incluir nos planos de atividades;

  Promover ações de formação e informação junto do utente e família;

  Respeitar as escolhas.